top of page

O que é um Café Arábica?

Atualizado: 6 de abr. de 2020

Se você gosta de café, com certeza já ouviu falar em “café arábica”.

Mas você sabe o que é um Café arábica?


O café é uma semente

Café é o nome da semente do cafeeiro, vulgo pé de café, que pertence à família botânica das Rubiáceas, cujo gênero é denominado Coffea.

Entre as muitas espécies desse gênero, destacam-se três:

  1. Coffea arabica – suas variedades mais comuns são a Typica e o Bourbon, que originaram outras cultivares como a Caturra (Brasil e Colômbia), Mundo novo (Brasil), Tico (América Central), San ramon (américa central), Blue mountain (Jamaica) e Sumatra (Indonésia). Dessas ainda originaram-se outras como a Catuaí, híbrido do Mundo novo e do Caturra.

  2. Coffea canephora – sua variedade mais comum é a Robusta, sendo cultivada na África ocidental e central, no sudoeste da Ásia e em algumas regiões do Brasil, onde é conhecida como Conilon.

  3. Coffea liberica – sua variedade é chamada de Dewevrei, conhecida como Excelsa e é nativa da África, não sendo muito demandada.

Economicamente, as duas espécies mais cultivadas são a Coffea arabica (representando cerca de 60% da produção mundial) e a Coffea canephora.

A primeira possui frutos ovais que amadurecem entre 7 e 9 meses, e a segunda possui frutos arredondados que levam até 11 meses para amadurecer.


Café 100% arábica



Ritter von Plenck, J.J. (1798). Icones plantarum medicinalium (Vol. 2). Vienna. (Handbook Series – Coffee Biology – Field Glossary, SCAA, 2013 Edition).


A espécie arábica possui frutos ovais e requer mais cuidado no manejo, sendo reconhecida como uma espécie que possui maior complexidade em sua bebida, com diversas notas de aromas e sabores. Já a robusta possui frutos ovais e menores, sendo menos valorizada que a arábica por não possuir tanta complexidade na bebida, considerada inferior (salvo algumas exceções, isso é tema para outro post). Além disso, a quantidade de cafeína é quase o dobro da espécie arábica.




Assim, um café 100% arábica não possui blend (mistura) com grãos de robusta, o que indica um café de qualidade superior.


Todo café arábica é café especial?

Nem todo café 100% arábica é um café especial!

Os café especiais são feitos com grãos selecionados, que proporcionam uma bebida equilibrada. Os grãos de arábica de menor qualidade são, geralmente, misturados com grãos de robusta e comercializados como café tradicional, geralmente bem torrados. No café especial a torra é mais branda.


Variedades do café arábica

As variedades mais comuns de arábica são a Typica e o Bourbon. A partir destas, surgiram outras linhagens como Caturra (Brasil, Colômbia), o Mundo Novo (Brasil), o Tico (América Central), o San Ramon anão e o Blue Mountain (Jamaica).

Para quem quer ir mais a fundo, segue um diagrama da SCA (Specialty Coffee Association) da série Handbook SeriesCoffee BiologyField Glossary, que mostra uma representação das relações entre as espécies, variedades e cultivares mais comuns.

Linhas e setas que ligam grupos de planta indicam parentesco. Setas em direção às mutações representam as cultivares que resultaram de alteração genética espontânea. Setas em direção às seleções indicam uma seleção feita por humanos que resultaram em uma diferente variedade ou cultivar, ou no caso da C. arábica, um cruzamento híbrido natural que ocorreu na natureza.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page